RSS
email

Controle




O mundo mudou muito nesses últimos tempos. Temos hoje “a nosso favor” uma infinidade de ferramentas que aceleram e facilitam nossa capacidade de trabalho, provavelmente fazendo com que trabalhemos muito mais do que antes.O avião, o computador, a internet, o celular,enfim, tudo isso anda fazendo com que não encontremos mais tempo para um simples e bom bate papo ao vivo e a cores.

É impressionante o tanto que vivemos correndo, especialmente no aspecto profissional da vida. Estava lendo novamente o livro " Sabedoria da Natureza" quando uma frase me fez parar por alguns instantes. O escritor George Patrão costumava dizer em suas palestras: " Nós controlamos, no máximo 10% das nossas vidas. Sobre os outros 100% nós não temos controle nenhum".

Com isso percebo que, o ser humano com sua mera pretensão, acha que tem o controle sobre tudo, e pelo contrário não tem o controle de quase nada. E assim mesmo o pouco de controle que nos resta, isso não significa nada perante o Universo. Uns instantes de profundo silêncio me fizeram reconhecer a profundidade que existe por trás dessa frase.

Temos necessidades de coisas duradouras, mas vivemos em constante impermanencia.

Temos a sensãção por instantes de certeza, controle,méro engano.

Na verdade queremos que as coisas boas continuem lá, estavéis, sempre, e as ruins não queremos nem saber. Fora a limitação do " bom e ruim" que ainda acreditamos existir.

Somos seres apegados a situações, coisas, pessoas ... essa é pura realidade. As vezes preferimos a "ilusão" do permanente do que a mudança. A idealização não do jeito que é, mas do jeito que queremos e imaginamos.

Mas existe o exercicio de que nada é pra sempre, a impermanencia nos ajuda a aceitar a realidade na qual vivemos. E que precisamos trabalhar a cada dia. Com esse exercicio trabalhamos o desapego em geral, até de nossas idéias.

"A água vai pelo caminho mais fácil . Ela só deixa levar. Apenas flui, sem se queixar. Sem se aborrecer e sem aborrecer os outros que encontram pelo caminho".

E com tudo isso aprendi que as coisas acontecem naturalmente, sem desgastes, se existe esforço excessivo estamos tomado pelo desejo. E muitas vezes esse desejo, acaba nos levando a atitudes insensatas como ir pelo caminho de maior atrito e de maior dificuldade.

Tudo necessita de pura afinidade em todas as ocasioes de nossas vidas, só assim progride . Não há esforço. As coisas fluem. Quando somos pessoas afins, não há formalidades, mal nos conhecemos, nos sentimos intimos, nos compreendemos, trocamos confidencias e experiencias ricas. Isso é maravilhoso na minha opinião. E assim que deve ser e seguir a vida, porque é uma união de forma espontanea;

Tem um texto no livro
I Ching- O livro das Mutaçoes que explica tudo isso que penso e sinto..... achei magnifico.

"A vida conduz o homem responsável por caminhos fortuosos e mutáveis.
Muitas vezes o curso é bloqueado, em outras, segue desimpedido. Ora pensamentos sublimes vertem-se livremente em palavras, ora o pesado fardo da sabedoria deve fechar-se no silêncio. Mas quando duas pessoas estão unidas no Intimo de seus corações, podem romper até mesmo a resistência do ferro e do bronze.E quando duas pessoas se compreendem plenamente no íntimo de seus corações, suas palavras tornam-se doces e fortes como a fragãncia das orquideas."


Momento de reflexão


"Você sabe o que veio fazer aqui na terra?!!!"





Bookmark and Share

2 comentários:

Arierom Salik disse...

Afinidade e espontaneidade, bastaria sermos naturais que meramente normais. Isto para mim faz girar a roda da vida, o deixar fluir, e sermos apenas o nosso melhor um dia de cada vez e sem pressa.

LL disse...

Penso que a pressa e a dispersão são os nossos maiores inimigos. Isso gera um grande burburinho interior, inimigo da metodologia e eficácia. As tarefas acabam por ser mal executadas e muitas nem chegam a ser concluídas.

Abraços
Luísa

 

Adotar é tudo de bom

Gentileza Gera Gentileza

CITAÇÕES


PageRank!">www.e-referrer.com
Widget FerramentasBlog


Gazeta dos Blogueiros TweetMeme Chicklet